Académico de Viseu - positivo e negativo




O Académico de Viseu venceu ontem por 3-0 o Sp. de Espinho e está a um pequeno passo da desejada subida! No capítulo desportivo o Académico está a cumprir bem os seus objectivos e luta pela subida à II Liga, no entanto, ao nível de organização e logística ainda está ao nível dos distritais.
Ontem muita gente (como eu) entrou 15-20 minutos após o início do jogo devido à existência de apenas duas bilheteiras, tendo inclusive chegado ao cúmulo de acabar os bilhetes o que causou uma normal irritação dos adeptos. É uma situação a rever pela direcção pois se ontem muita gente assistiu ao jogo, houve muitas outras que acabaram por desistir. Deixo a sugestão para que haja venda de bilhetes durante a semana em vários locais da cidade como a Associação de Futebol de Viseu, Palácio do Gelo ( que é um dos principais patrocinadores e seria uma forma de valorizar esse patrocínio), Loja do Cidadão, etc..  para que tal situação não se torne a repetir.

4 comentários:

Castanho disse...

Concordo consigo no que diz respeito à organização (falta ou mesmo má). Houve gente que se foi embora depois de tanta espera. Uma vergonha! Mas sabe não estariam à espera de tanta gente o que só vem confirmar os números constantemente errados que o "jornalista" - Silvino Cardoso costuma referir nas suas crónicas nos jornais. Geralmente multiplica por 3, 4 ou 5 o número real de espectadores. Justifica-se dizendo que é para o bem do Académico e da cidade. Como tem "Carteira Profissional" mas não ética, imagina que faz um bom trabalho. Imparcialidade nas suas crónicas sobre o seu Académico é coisa que desconhece e só vê o que lhe convém. Enfim, é o que tristemente temos

Indo Eu Indo Eu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Indo Eu Indo Eu disse...

Caro Castanho,
Confesso que so leio o Diario de Viseu na sua vertente digital, por isso não consigo confirmar essa informação, mas se assim for é algo que deve ser revisto pela direcção do jornal.

Castanho disse...

A verdadeira Direcção, nada sabe, nem quer saber e vender jornais é o que importa. Está instalada em Coimbra e o "velho e experiente colaborador", escreve o que lhe vem à cabeça. Ética e imparcialidade se ouviu falar não usa sempre que escreve sobre o seu "Académico". Conheço quem reclamou e cancelou assinaturas por causa desse repórter.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...